17
Nov
Análise do HP iPAQ rw6815
por pcdebolso


À terceira é de vez” – diz a sabedoria popular … que também afirma “não há duas sem três”.
Sobre a terceira linha de PocketPCs convergentes da HP recaem muitas esperanças e expectativas, podendo esta vir a dar o mote para as futuras gamas de HP iPAQs.

Depois de as linhas h6300 e hw6500/hw6900 não terem alcançado os objectivos desejáveis, com a nova série iPAQ rw6815 a HP pretende recuperar algum do terreno perdido para outras marcas, em especial para a HTC.

A ‘nova’ proposta da HP assenta sobre uma solução já bem conhecida, fabricada pela Quanta Computers, Inc, e já devidamente testada uma vez que é comercializado sob outras marcas.
O terminal GSM/GPRS criado pela Quanta pode ser encontrado ostentando marcas como O2 XDA, ORSiO ou Rover, sendo na maioria dos casos acordos de distribuições locais ou regionais, enquanto que a HP se assume como único caso de distribuição global.

O primeiro mercado a receber este equipamento foi o asiático, onde foi lançada uma versão personalizada do O2 XDA Atom – o HP iPAQ rw6818/rw6828.
Uma vez que este terminal não se respeitava integralmente as regras de certificação europeias e americanas, bastante mais exigentes que as asiáticas, a HP teve que trabalhar num novo ‘miolo’ para a versão a lançar no velho continente.

O HP iPAQ rw6815 surge na mesma ‘embalagem’ que o seu irmão asiático mas apresenta um conteúdo devidamente modificado para permitir a sua certificação, homologação e distribuição por uma boa parte das operadoras móveis europeias. ...

ver o resto da noticia >>
Esta notícia já foi consultada 61332 vezes
 
 
Publicidade