18
Mai
Pirates Assault, um jogo português para Windows Phone 7
por CVF Windows Phone 7 Acção
Apesar do Windows Phone 7 não ter arrancado oficialmente em Portugal (os terminais disponíveis são considerados pela Microsoft como Technology Preview e direccionados para o utilizador que não se importa de debater com os problemas de juventude da plataforma) o número de aplicações para a nova plataforma móvel começam a aparecer.

Tendo claramente em mente o mercado internacional, a Dagari Studios lançou o seu segundo jogo no Windows Marketplace. O Pirates Assault é um jogo baseado no conceito ‘Tower defense’ que se caracteriza pelos gráficos de excelente qualidade e por um método de jogo frenético.
Reza a história (do jogo) que o jogador é um pirata reformado cujas vitórias do passado resultaram num grande tesouro acumulado que é agora cobiçado pelos piratas no activo. Todo o jogo se passa em redor da necessidade de proteger o tesouro ou recapturá-lo caso este venha a cair nas mãos do inimigo.



O jogo já conta com quatro níveis que partilham grande parte da jogabilidade e que acabam por se distinguir pelo cenário onde se passa a batalha e por crescente nível de dificuldade. Para manter o jogador ocupado durante todo o tempo a Dagari ‘importou’ algumas ideias de outros jogos (do Plants vs Zombies, por exemplo), sendo possível ganhar rum para pagar a construção de mais (ou melhores) torres ou reconquistar o ouro perdido carregando múltiplas vezes nos navios de carga ou nos oponentes.

O jogo ainda tem bastante espaço para evoluir, uma vez que tanto o número de níveis disponíveis como as armas para se montar a defesa ainda são bastante escassas e pouco diversificadas. A falta de ‘inteligencia’ por parte dos inimigos facilita o jogo a curto prazo (basta aprender as rotas que irão seguir para se tentar montar uma defesa eficaz) mas prejudica-o a longo prazo (mais cedo ou mais tarde conseguirá chegar ao fim).

Esta notícia já foi consultada 13800 vezes
 
 
Publicidade