6
Mai
RIM licenciou tecnologia da Scalado para a câmara fotográfica do Blackberry 10
por Pedro Ivo Faria
A indústria das comunicações móveis tem evoluído a um ritmo notável ao ponto de por em causa uma série de dispositivos dedicados a uma tarefa que deixaram de conseguir competir com a versatilidade dos smartphones modernos.
Depois dos dispositivos autónomos de navegação por GPS terem sido praticamente eclipsados pelos smartphones, aproxima-se o momento em que as câmara fotográfica compactas terão um fim idêntico.

A evolução dos sensores fotográficos e do software de apoio, aliados à facilidade de publicação de fotos e vídeos nas redes sociais usando os módulos de telecomunicações dos dispositivos móveis estão a colocar as câmara fotográficas mais simples em sérias dificuldades para competirem no mercado.
Uma das áreas onde os smartphones se têm destacado é no software que tem evoluído a um ritmo avassalador e tem permitido introduzir várias tecnologias que eram impensáveis há um par de anos.



Nesse campo a Scalado é uma das empresas que maiores inovações trouxe nos últimos anos para o segmento da fotografia digital tendo parte da sua tecnologia licenciada por vários fabricantes de dispositivos móveis. A HTC e a Samsung, por exemplo, licenciaram a tecnologia Timewarp e 1st Zero Shutter Lag que permite tirar um conjunto de fotos de uma só vez e escolher a melhor de todas elas.

A RIM foi um pouco mais longe e escolheu várias tecnologias da Scalado para a sua nova plataforma móvel: o Blackberry 10.
Uma das funcionalidades disponíveis permite ultrapassar um dos maiores problemas encontrados nas fotos em grupo: conseguir que toda a gente fique bem na foto. A tecnologia da Scalado permite escolher uma pessoa e ‘recuar no tempo’ e escolher o momento em que estava a sorrir ou tinha os olhos abertos.
A mesma tecnologia permite ‘eliminar’ interferências causadas por transeuntes ou veículos quando se tenta fotografar paisagens ou monumento e algo passa em frente da câmara no momento em que se prime o obturador.

A Scalado, através do seu blog deu a conhecer a sua visão para o futuro da fotografia digital e esse futuro é impressionante.




Esta notícia já foi consultada 20288 vezes
 
 
Publicidade