29
Out
Google apresenta os novos Nexus 4, 7 e 10
por CVF Google , Android 4.2 , Jelly Bean , LG , Asus , Samsung , Nexus
As pessoas usam, cada vez mais, mais do que um dispositivo e vão trocando entre eles ao longo do dia. O Nexus— a linha de hardware da Google para dispositivos Android— poupa-o a qualquer incómodo. Basta aceder à sua conta Google e tudo está pronto a ser utilizado, independentemente do dispositivo que estiver a utilizar: fotografias, e-mails, contactos, marcadores e mesmo o seu entretenimento através do Google Play.
Para agilizar a transicção entre vários dispositivos, a Google alargou a sua oferta de equopamentos com a apresentação de três novos modelos Nexus … num tamanho pequeno, médio e grande. Todos têm o Android 4.2, uma melhoria do Jelly Bean— que inclui a versão mais recente do Google Now e outras funcionalidades.



Nexus 4


Nexus 4 é o mais recente smartphone da Google, desenvolvido em parceria com a LG. Dispõe de um processador quad-core, de um ecrã de 4.7" polegadas (320 ppi) que é perfeito para ver fotografias e ver vídeos no YouTube e com o tecnologia de carregamento sem fios.
Começando na Câmara, a Google reinventou a experiência de tirar fotografias com o Photo Sphere que permite obter fotos que são literalmente maiores do que na vida real. A aplicação realiza snap shots em todas as direcções de modo a poder criar panorâmicas extraordinárias que poderá partilhar no Google+ com amigos e família, ou acrescentar o Photo Sphere ao Google Maps de modo a que todo o mundo possa ver.

O Android 4.2 traz uma série de novidades como a digitação através de gestos (Gesture Typing) que lhe permite deslizar o dedo pelas letras que pretende digitar no teclado possibilitando-lhe escrever de forma mais rápida, divertida e mais simples. O Android 4.2 passa também a ter suporte Miracast de modo a poder ver filmes, videos do YouTube e jogar jogos numa TV HD por via wireless.


Nexus 7


O Nexus 7 traz o melhor da Google – YouTube, Chrome, Gmail, Maps– e todos conteúdos do Google Play para um dispositivo elegante e portátil que cabe perfeitamente na sua mão. De modo a ter mais espaço para todos os conteúdos fantásticos passará a poder ter um Nexus7 com armazenamento de 16GB ($199) ou 32GB ($249). A nova versão está ainda mais portátil com a adição de tecnologia HSPA+. O Nexus 7 está agora também disponível com 32GB e HSPA+ ($299) que permite funcionar em mais de 200 operadores GSM de todo o mundo.


Nexus 10


O Nexus 10 é um tablet para ver filmes e ler revistas. Para desenvolver um dispositivo de entretenimento Premium a Google estabeleceu uma parceria com a Samsung. O Nexus 10 dispõe do ecrã com a mais alta resolução do mundo (2560x1600 - 300ppi), o que significa mais de 4 milhões de pixels nas suas mãos. Vem com um bateria poderosa que permite até 9 horas de visualização de vídeos e mais de 500 horas em standby

Mas o que torna o Nexus 10 único é ser verdadeiramente o primeiro tablet partilhável. Apesar da maioria dos dispositivos de hoje terem sido desenhados para serem utilizados por uma única pessoa, a Google reconhece que eles acabam por serem usados por toda a família. E para facilitar o acesso aos conteúdos, serviços e aplicações de cada um, o Android 4.2 pode gerir múltiplos utilizadores e trocar entre eles de forma instantânea no ecrã. Desta forma, cada um pode ter acesso aos seus ecrãs principais, à sua música e a muito mais.

Google Now — ainda mais útil


A Google desenvolveu o Google Now para tornar a vida mais simples aos utilizadores. A mais recente versão dispõe de novos painéis com informação sobre voos, reservas em restaurantes, confirmações em hotéis e detalhes de envios, etc. Com o Google Now, esta informação estará lá de forma simples e através de cartões fáceis de ler.
Da próxima vez que reservar uma mesa para jantar irá receber um aviso com todos os detalhes e sem necessidade de levantar um dedo. Irá receber também cartões sobre as atracções nos arredores, locais interessantes para tirar fotografias, horários de filmes ou concertos nos arredores dos cinemas ou salas de espectáculos ou concertos do seus artistas preferidos.


O reforço da oferta de hardware por parte da Google, recorrendo a três fabricantes distintos (LG, Asus e Samsung) vem demonstrar que a companhia americana está apostada em promover a sua plataforma móvel, demonstrando as suas capacidades quando aplicada numa plataforma ‘feita à medida’, sem favorecer nenhum dos seus parceiros. Ao deixar de fora a Motorola, a Google deixa bem claro que o que lhe interessa verdadeiramente á o sucesso do Android e não a promoção do seu ‘braço de hardware’.

Esta notícia já foi consultada 13100 vezes
 
 
Publicidade