9
Jan
Surgem novos fotos do telefone da Nokia baseado em Android
por Pedro Ivo Faria Asha , Android , Nokia , Normandy
Perante a necessidade de renovar as capacidades da sua linha de feature phones Asha a Nokia começou a trabalhar numa nova plataforma móvel que terá a missão de substituir o vetusto Series 40 e ajudar a marca finlandesa a recuperar a liderança do segmento.



Com a divissão de dispositivos móveis a passar para as mãos da Microsoft, que continua a apostar fortemente no Windows Phone, não se sabe ao certo se os planos originais da Nokia para a gama de entrada se manterão.
O que parece ser certo é a adopção de uma base Android, na linha do que fez a Mozilla no Firefox OS, e de uma camada de aplicações e interface geral totalmente personalizada.
A principal vantagem da utilização do core do Linux / Android é a sua compatibilidade com praticamente todos os componentes disponíveis no mercado, de processadores de aplicações a rádios de telecomunicações, o que permitiria à Nokia manter um preço de produção bastante baixo sem prejudicar a funcionalidade dos equipamentos.



O Nokia Normandy (nome de código interno) poderá surgir como uma evolução do Nokia 502 recentemente apresentado, estará disponível em versões Dual-SIM e Single-SIM, será compatível com redes 3G, conta com integração do Skype no próprio sistema operativo e mantém a Interface típica da Nokia para esta gama de dispositivos.
A ser lançado, algo que depende inteiramente da Microsoft, este modelo virá concorrer directamente com os vários modelos baseados no Firefox OS que estão a conquistar rapidamente os mercados onde t~em sido lançados.
Com quotas de venda superiores a 15% em alguns mercados da América Latina, o Firefox OS começa a impor-se como uma real alternativa às gama Nokia Asha e Samsung Rex o que vai obrigar estas duas marcas a introduzir smartphones nas suas gamas mais baixas. O Nokia Normandy poderá ser o primeiro passo nessa direcção e representar um novo impulso para um segmento que há muito se encontrava esquecido.
Esta notícia já foi consultada 22311 vezes
 
 
Publicidade